Skimboard

Skimboard é uma modalidade do surfing que tem a particularidade de se iniciar em terra. No skimboard, o surfista aproveita a energia da corrida, saltando posteriormente para a prancha e assim lançar-se contra as ondas.

O Skimboard apresenta três estilos distintos:

  1. a) Freestyle – praticado na película fina de água na área de fluxo/refluxo (beira-mar), frequentemente com manobras de rotação (360º) ou outras manobras de troça de posição (“shove-it”, etc.).
  2. b) Saltos – Praticado também na película fina de água na área de fluxo/refluxo (beira-mar) onde o competidor aproveita a projecção do embate com uma onda para saltar e fazer piruetas sem prancha (Saltos mortais, mergulhos, etc).
  3. c) Skimboard de ondas – Este estilo é o mais comum nas competições de Skimboard e aproveita todo o potencial do desporto. Os competidores iniciam a sua “onda” no “take-off” dirigindo-se a uma onda para executarem todo o role de manobras, voltando novamente com a onda, ou seja, ele surfa a onda até ela quebrar na beira-mar ou até ao seu final.

O skimboard resulta de uma interacção de diversas modalidades como o surf, skateboard ou snowboard, visto que é possível surfar a onda, fazer manobras como no skate ou Snowboard. Os praticantes desta modalidade são apelidados de “Skimboarders” ou “Skimmers”.

O Quadro Competitivo Nacional inclui:

– O Circuito Nacional de Skimboard tem duas categorias, Open e Sub16.

– Campeonato Nacional de Skimboard Feminino.